Problemas nos olhos na doença de Crohn e colite ulcerativa



Um dos sintomas extra intestinais que podem ocorrer nas doenças inflamatórias intestinais são as alterações oftalmológicas, ou seja, nos olhos. Convém lembrar que nem todos os pacientes vão desenvolvê-las mas, ainda assim, é de extrema importância que se faça visitas regulares ao médico oftalmologista (responsável por cuidar dos olhos) para se cuidar e, se for o caso, fazer o tratamento precocemente. E caso você apresente alguma das alterações não precisa se preocupar. Os tratamentos, quando seguidos corretamente, são bem eficazes para manter sua visão saudável. 

Normalmente os sintomas aparecem quando a doença está na fase ativa e tendem a desaparecer quando entra em remissão. Mas para evitar alguma piora ou coisa mais séria, você deve fazer acompanhamento regular com o médico oftalmologista (responsável pela saúde dos olhos).





E quais são esses distúrbios oftalmológicos que ocorre com a Doença de Crohn e a Colite Ulcerativa?


(Complicações nos olhos na doença de Crohn e colite ulcerativa)



Aproximadamente 10 % das pessoas com doença inflamatória intestinal desenvolve algum problema ocular. A maioria destes são tratáveis ​​e não representam qualquer ameaça significativa que possa levar a perda da visão. Ainda assim, se você tiver algum tipo de irritação ou inflamação nos olhos fale com o seu médico o mais cedo possível .

Outro distúrbio que pode ocorrer são os “olhos secos”, também conhecido por queratoconjuntivite seca. Ocorre devido à redução da produção de lágrimas ou aumento da evaporação da película lacrimal, podendo levar a infecção ou irritação aos olhos, causando coceira ou sensação de queimação.

  
Resumindo, os tipos de distúrbios oculares que podem aparecer são:


Uveíte na doença de Crohn e colite ulcerativa



Uma das complicações oculares mais comuns em DII é a uveíte , definida como uma inflamação dolorosa da úvea - a camada média da parede do olho. Os indivíduos com uveíte podem notar dor, visão turva, sensibilidade à luz, e vermelhidão no olho. Estes sintomas podem surgir gradualmente ou de repente . Para fazer um diagnóstico da uveíte, um oftalmologista (um médico especializado em doenças do olho) usa uma "lâmpada de fenda", que é um microscópio especial que permite ao médico olhar no interior do olho. A uveíte geralmente melhora quando a doença inflamatória intestinal entra em remissão, mas o oftalmologista pode prescrever gotas oculares especiais contendo esteroides para ajudar a reduzir a inflamação. Se deixada sem tratamento, a uveíte pode progredir para o glaucoma que é uma doença do olho caracterizada por um aumento da pressão no interior do globo ocular, nesse caso a perda da visão é possível .


Queratopatia na doença de Crohn e colite ulcerativa



Esta doença ocular é uma anormalidade da córnea que se desenvolve em algumas pessoas com a doença de Crohn. Mais uma vez, um oftalmologista usa uma lâmpada de fenda para fazer o diagnóstico através da identificação de depósitos brancos na borda da córnea. No entanto, a queratopatia não causa qualquer dor e não leva a nenhuma perda de visão, de modo geral não requer tratamento.


Episclerite doença de Crohn e colite ulcerativa



Esta condição é uma inflamação do revestimento exterior do branco do olho, chamado de episclera. Quando os pequenos vasos sanguíneos da episclera inflamam, eles se dilatam e a área torna-se vermelha. Além disso, episclerite também podem produzir dor. Geralmente colírios que contenham corticoides e vasoconstritores tópicos são usados ​​para tratar a episclerite, mas a condição pode resolver por conta própria se a doença inflamatória intestinal for controlada. Não se auto medique, pois o uso de alguns colírios indiscriminadamente pode levar ao desenvolvimento de glaucoma ou outras complicações oculares.


Olhos secos doença de Crohn e colite ulcerativa



A deficiência em vitamina A, pode resultar em olhos secos (também conhecidos como ceratoconjuntivite seca). Esta condição, que é causada pela diminuição da produção de lágrima ou aumento da evaporação do filme lacrimal pode levar a infecção do olho e irritações como coceira e queimação por exemplo. Se a infecção se torna grave antibióticos podem ser necessários. Outra conseqüência possível pode ser a cegueira noturna. As lágrimas artificiais proporcionam alívio de sintomas e suplementos de vitamina A, tomados por via oral ou dada como injeção intramuscular, pode corrigir a deficiência .


OUTROS PROBLEMAS OCULARES NA DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL

  
A inflamação pode desenvolver-se em outras áreas do olho tais como a retina e o nervo óptico, embora isso raramente ocorre. Além disso, não é apenas a doença inflamatória intestinal que pode causar distúrbios oculares, às vezes, os medicamentos usados ​​para tratar a doença podem gerar efeitos colaterais que afetem os olhos. Por exemplo, o uso a longo prazo de corticoides pode levar ao glaucoma e catarata (opacificação do cristalino do olho, que prejudica a visão).


1 comentários:

  1. eu ja desenvolvi irritação e olhos enxados e vermelhos, tenho q usar o colírio e o óculos!

    ReplyDelete

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.