Por que o que você come afeta o seu humor?


Há várias explicações como os alimentos podem afetar o nosso humor. Uma delas diz respeito a bioquímica cerebral, melhor dizendo neurotransmissores como serotonina, dopamina, e aceltilcolina. Pois bem, esses neurotransmissores são formados por aminoácidos, que são partes que formam a proteína. A quantidade de proteína que você ingere, assim como a quantidade de açúcares e carboidratos afeta a atividade desses neurotransmissores no organismo.

Todos nós sabemos que o cérebro é um órgão complexo. Imagine aquelas milhares de conexões bioquímicas que ele faz todos os dias ditando através de neurotransmissores o que e quem precisa do que. Agora imagina se há a falta de algum nutriente para formar esses "comunicadores" vai ser um tal de disse e não disse que o organismo poderá entrar em parafuso.


Não apenas o seu humor é afetado por esses mensageiros, mas tudo que seja relacionado com sua interação com o meio no qual você vive, por exemplo seu apetite, seu sono, suas vontades, seu nível de energia, etc.

Muitos nutrientes como ácido fólico, vitamina D e ácidos graxos tem sido estudados no que diz respeito a ligação entre eles e humor. Apesar de não haver um consenso nessa questão é cada vez maior o interesse em estudar a relação entre nutrientes e comportamento / humor.


A conexão que existe entre cérebro e intestinos.



Nesse artigo nós apresentamos um estudo que sugere que essa conexão pode estar por trás da sintomatologia da doença inflamatória intestinal (DII).


Mas há outros fatores que nos faz acreditar nessa conexão - os hormônios e os neurotransmissores.

Pessoas que tem problemas em absorver nutrientes como por exemplo portadores da DII ou com sensibilidade ao glúten ou portadores da doença celíaca que ainda comem glúten, costumam ter altos níveis de hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) e acetilcolina (Ach) que são considerados "hormônios do estresse". Altos níveis dessas moléculas interfere não só com o aprendizado mas também cria ansiedade, desejo de fuga, ou um medo inexplicável.

Além disso, pesquisas sugerem que pessoas com dificuldade em absorver nutrientes agem como pessoas que tiveram um traumatismo cerebral danificando o hipocampo, que é a parte do sistema límbico do cérebro no qual humor e motivação são "processadas".


Mas qual alimento afeta o que?


Não há uma correlação precisa entre diferentes alimentos e a alteração que eles podem ter no seu humor. Novamente vem a questão do auto conhecimento. Mas parece que os alimentos que mais causam problemas são nossos velhos conhecidos: álcool, cafeína, trigo (glúten), lactose, aditivos químicos e gordura hidrogenada

Vamos culpar o pão de cada dia! Como glúten, presente no trigo, afeta o humor


  • Impossibilidade de manter o foco ou a concentração
  • Déficit de atenção e hiperatividade
  • Depressão, bipolaridade, e alterações bruscas de humor
  • Irritabilidade e ansiedade
  • Falta de motivação


Vale a pena tomar vitaminas?


As vitaminas são moléculas orgânicas necessárias para o funcionamento normal dos processos celulares do nosso corpo. Nós vamos adquirir a maioria de nossas vitaminas se comermos uma dieta equilibrada de carnes, frutas e legumes. Além disso, a flora microbiana dentro dos intestinos, bem como a pele, são responsáveis ​​pela síntese de vitaminas a partir do ambiente.

Porém quando se tem DII a absorção dos nutrientes é deficiente e o uso de suplementos vitamínicos pode ser necessário. Nós já falamos sobre a importância da vitamina D3 e Cálcio, principalmente se você toma corticóides. Mas além dessas há vários outros nutrientes que não podem ser deixados de lado como por exemplo Omega 3, ácido fólico, vitamina B12 entre outras.

Nós vamos a partir de hoje falar sobre a necessidade delas e o que a falta da mesma pode fazer.


Caso tenham sugestões ou queiram saber de uma vitamina específica é só deixar nos comentários.

0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.