Descoberta uma nova forma de Síndrome do Intestino Irritável que ocorre após os pacientes sofrerem com diverticulite aguda



Pesquisadores da Universidade da Califórnia - UCLA descreveram uma nova forma de síndrome do intestino irritável (SII ), que ocorre após um ataque agudo de diverticulite, essa descoberta pode levar a um melhor acompanhamento dos sintomas e alívio para os doentes.

A descoberta desta nova condição, chamada de pós- diverticulite Síndrome do Intestino Irritável (PDV-SII) , valida os sintomas do intestino irritável que muitos pacientes relatam muito tempo depois de sofrer uma crise de diverticulite , mas que os médicos descartam como sendo parte da condição original , disse o autor sênior do estudo Dr. Brennan Spiegel, professor associado de medicina na Escola David Geffen de Medicina na UCLA.

"Nós sabemos há muito tempo que depois que uma pessoa desenvolve diverticulite  ela passa a ser alguém diferente pois aparecem dores abdominais recorrentes, cólicas e diarreia, coisas que não tinha antes", disse Spiegel. "Hoje em dia o que prevalece é que uma vez que a diverticulite foi tratada ela se foi. Mas nós mostramos que os sintomas da SII ocorrem após a diverticulite e podem resultar de um processo inflamatório como se uma bomba tivesse explodido no corpo e deixado dano residual."

O estudo foi publicado no dia 05 setembro de 2013 no Journal of Clinical Gastroenterology and Hepatology.

À medida que envelhecem a maioria das pessoas desenvolve diverticulose, ou bolsas no revestimento do cólon. Mais de 50% das pessoas com mais de 60 anos tem a doença, mas geralmente as bolsas não causam quaisquer problemas. Ocasionalmente, as bolsas inflamam o que leva a diverticulite causando dor e infecção no abdômen. Os médicos costumam tratá-la com antibióticos, ou em casos mais graves, com cirurgia.

"A grande surpresa em nosso estudo foi que os pacientes com diverticulite não só desenvolveram SII com maior frequência do que os do grupo de controle, mas eles também desenvolveram transtornos de humor, como depressão e ansiedade", disse Spiegel. “Pelo fato de SII e transtornos de humor  muitas vezes andarem de mãos dadas sugere que diverticulite aguda pode até desencadear um processo que leva a mudanças de longa data no eixo cérebro-intestinal ".

A descoberta de PDV- SII pode significar uma melhor atenção aos pacientes que se queixam de sintomas depois de diverticulite. Sintomas esses que, até agora, podem ter sido desconsiderados pelos médicos . "Os pacientes frequentemente relatam os sintomas da SII em curso após a diverticulite já ter passado, e este estudo apóia suas crenças e introduz um novo diagnóstico ", diz Spiegel. " Se os médicos reconhecerem isso , eles poderão levar os sintomas mais a sério e atacá-los ativamente, assim como utilizar  várias novas drogas no mercado ou que estão atualmente em desenvolvimento."

Mais de 1.000 registros de pacientes do West Los Angeles Veteran's Affairs Medical Center foram examinados para o estudo que levou dois anos, incluindo aí os pacientes que sofreram de diverticulite aguda e o grupo controle de pacientes que não tiveram diverticulite. Os grupos foram pareados por sexo e idade e tinham comorbidades semelhantes, ou outros problemas de saúde já existentes. Eles também foram acompanhados por muitos anos enquanto pesquisadores da UCLA identificava as diferenças de diagnóstico da SII e transtornos de humor .

"Este estudo amplia um pouco nossa compreensão sobre o que poderia causar SII. É uma condição tão comum e pode haver diferentes fatores", diz Spiegel. "Nós temos agora uma nova causa para colocar no menu, um novo fator de risco para o desenvolvimento de SII. Ao aprender mais poderemos ser capazes de expandir as terapias que podem ser usadas ​​nesses pacientes."

"Nossos resultados suportam o paradigma da evolução da doença diverticular como uma doença crônica e não apenas uma condição aguda marcada por complicações abruptas . Longe de ser um episódio de auto- limitada, diverticulite aguda pode se tornar uma doença crônica em alguns pacientes ", afirma o estudo. " A diverticulite está relacionada não só com os sintomas da SII, mas também com o sofrimento emocional a longo prazo para além do evento em si . Ter consciência da possibilidade deste risco é importante porque sintomas gastrointestinais e depressão persistentes que não são tratados podem piorar o resultado e aumentar o custo de uma doença já prevalente ".


O estudo foi financiado pela Shire Pharmaceuticals.

0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.