Qual tratamento biológico escolher?



O tratamento com biológicos, ou seja, anti-TNF medicamentos como Infliximabe (Remicade) e Adalimumabe (Humira) é aconselhável para casos moderados a severos da doença inflamatória intestinal (DII). O infliximabe foi aprovado primeiramente para doença de Crohn em 1998 e é uma mistura de anticorpos humanos e de ratos enquanto o Adalimumabe foi aprovado em 2006 e é 100% de anticorpos humanos.

Vários estudos controlados foram feitos com esses dois medicamentos, mas nenhum havia feito uma comparação entre eles até o momento. Porém, em 2014 dois estudos compararam esses medicamentos.

O primeiro, de janeiro de 2014 comparou a eficácia do Adalimumabe e Infliximabe no tratamento de moderada a severa colite ulcerativa e concluiu que os dois medicamentos são mais eficazes que placebo no tratamento da colite ulcerativa. E quando se compara os dois medicamentos o infliximabe mostrou-se mais eficaz estatisticamente na indução da remissão, resposta ao tratamento e cicatrização da mucosa intestinal em 8 semanas. Porém eles apresentam a mesma eficácia na manutenção do tratamento com 52 semanas.  Autores: Thorlund K, Druyts E, Mills EJ, Fedorak RN, Marshall JK Artigo original.

O Segundo, de fevereiro de 2014, demonstrou que comparado a placebos, infliximabe, adalimumabe e golimumabe são todos eficazes para indução e manutenção da remissão em colite ulcerativa. Porém, um estudo de meta análises demonstrou que nenhum dos medicamentos é clinicamente superior ao outro e por isso outros fatores, como custo, forma de administração e a preferência de pacientes deve ditar qual medicamento ser usado. Além disso, o estudo sugere que um estudo comparativo de eficácia entre infliximabe e adalimumabe deve ser feito. Autores: Stidham RW, Lee TC, Higgins PD, Deshpande AR, Sussman DA, Singal AG, Elmunzer BJ, Saini SD, Vijan S, Waljee AK – Artigo original.


Apesar de ambos estudos terem sido feito com pacientes com colite ulcerativa, em janeiro de 2013, os autores Patil SA, Rustgi A, Langenberg P, Cross RK (artigo original), mostrou que após a fase inicial não há diferença entre Infliximabe e Adalimumabe na manutenção da remissão da doença de Crohn.


O que pensamos: Como vocês puderam ver não há muitos estudos comparando a eficácia dos biológicos. A decisão sobre qual tomar deve levar em consideração outros fatores que não a eficácia desses medicamentos. Converse com o seu médico sobre qual seria o melhor para você e leia mais sobre cada um deles.


Ajude-nos a manter a página.
Ao doar R$50,00 ou mais você ganhará uma camisa para torcer para o Brasil na Copa!




É interessante que um dos estudos mostrou maior eficácia do infliximabe na fase inicial – 8 semanas, mas o estudo foi feito com um número pequeno de pacientes o que pode ter sido o responsável por essa diferença estatística. Apesar desses medicamentos estarem no mercado há mais de uma década nenhum grande estudo foi feito para comparar a eficácia dos mesmos.

1 comentários:

  1. Muito obrigado! Informações valiosas :)

    ReplyDelete

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.