Manifestações orais da doença de Crohn


Como já se sabe a doença de Crohn pode manifestar-se em qualquer parte do sistema digestório incluindo a boca. Portadores dessa condição frequentemente sofrem em razão de ulcerações na mucosa oral, conhecidas como aftas. Porém, como essa condição ocorre na mesma intensidade tanto em portadores de doença de Crohn quanto na população em geral elas não são consideradas específicas da doença. Estudos mostram que menos de 1% dos portadores da doença de Crohn tem uma maior predisposição à aftas. 


Ultimamente tem aumentado o interesse sobre o assunto e com isso um número significativo de lesões bucais tem sido descritas em pacientes com doença de Crohn. As lesões mais comuns são inchaço labial e do vestíbulo bucal, úlceras lineares, gengivite, e queilite angular.


Estudos tem mostrado que essas lesões são mais comum em crianças não diagnosticadas ou recém diagnosticadas.

Foi sugerido também que crianças que apresentam lesões bucais da doença de Crohn tem maior probabilidade de terem a doença na região perianal.



Clinicamente frequentemente observa-se estomatite não específica (afta) ou úlceras lineares, fissuras e hiperplasia gengival (inchaço). A mucosa oral mostra-se inchada com aparência ondulada.


Manifestações orais da Doença de Crohn podem ser úteis para um diagnóstico precoce, principalmente em crianças. Porém não é um diferencial quando a doença já esta em tratamento. Além disso, podem vir a se manifestar mesmo depois de anos do diagnóstico da doença, em qualquer idade.


Um dos estudos mostra que a habilidade do gastroenterologista quando comparada com a do odontopediatra para identificar lesões orais específicas da doença de Crohn é deficiente. Caso perceba algo de diferente na região da boca do seu filho consulte o seu dentista ou o seu médico.

Pioestomatite Vegentante


O que é pioestomatite vegetante? Qual o tratamento?


Pioestomatite Vegentante é uma condição rara que já foi associada no passada a outras doenças como pênfigo ou piodermatite vegetante. A maior parte dos pesquisadores hoje acreditam que pioestomatite vegetante é uma manifestação incomum da doença inflamtória intestinal, tanto doença de Crohn quanto retocolite ulcerative. Assim como a DII, pouco se sabe a respeito dessa condição. Alguns paciente com piostomatite vegetante também apresentam várias alterações hepáticas.

Clinicamente exibe-se com cor amarelada, com elevação, lesões lineares posicionados sobre a mucosa eritematosa (avermelhada). As lesões afetam primeiramente as mucosas labiais e bucais, palato mole e ventre lingual. Não é comum haver desconforto bucal intenso.


Fonte: www.dermis.net

Na maioria das vezes as lesões desaparecem após tratamento com corsticosteroides que podem vir a ser tomados para controlar sintomas moderados e severos da DII. Caso os sintomas sejam brandos, corticosteroides tópicos podem ser usados.

Num próximo artigo daremos mais ênfase às aftas e lesões herpéticas.


Caso você queira ler mais a respeito baixe essa dissertação


0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.