Azatioprina no tratamento da doença de Crohn e colite ulcerative


Vocês devem conhecer pelo menos um medicamento no grupo dos imunossupressores– Azatioprina. Pois bem, imunossupressores são medicamentos que diminuem a quantidade de células inflamatórias no corpo. São usados para tratar várias doenças autoimunes como doença de Crohn e colite ulcerativa, além de serem usados também em transplantados para evitar rejeição e no tratamento de alguns tipos de câncer.

O tratamento para doença de Crohn e colite ulcerativa através de imunossupressores é considerado quando o médico percebe que o tratamento com corticosteroides, aminosalicílicos e antibióticos não está alcançando o efeito desejado, ou seja, a remissão.
Esses medicamentos são de grande ajuda para pacientes que desenvolveram complicações como fístulas, por exemplo, devido a diminuição da inflamação. Por conta deles inibirem as células brancas do sangue faz com que o indivíduo fique mais susceptível à infecções sendo assim esses medicamentos são prescritos de forma que a supressão do sistema imune não seja pior do que a doença em si.


Quais são os tipos de imunossupressores?


Há basicamente três categorias desses medicamentos. Azatioprina, que você já deve ter ouvido falar faz parte de uma dessas categorias.

Thiopurinas – Na qual encontra-se Azatioprina e 6-mercaptopurina (6-MP)

Methotrexato – Essa é uma droga que imita as moléculas de ácido fólico. Ácido fólico, ou folato, é uma molécula essencial para a formação do DNA nas células. Methotrexate toma o lugar do folato cessando fazendo com que a multiplicação celular seja inibida. Quer saber o que é o DNA? Clique aqui

Ciclosporina – Esse medicamento inibe os linfócitos T inibindo consequentemente a produção de citocinas (moléculas que provocam a inflamação)

ASSINE NOSSO BOLETIM INFORMATIVO
Coloque o seu email:

Você receberá um email, confirme-o para que você possa receber nossas novidades.

Como os imunossupressores funcionam no tratamento da doença de Crohn e colite ulcerativa? Como Azatioprina funciona?


Como já deve ter dado para perceber, essas drogas vão atuar diretamente no DNA das células cessando a multiplicação das mesmas. Com isso menos células do mecanismo de defesa estarão disponíveis na circulação e menor será a produção de citocinas.

Azatioprina e 6-MP são medicamentos eficientes ao realizar essa tarefa. Porém, seu efeito é demorado. Leva cerca de 2 a 4 meses antes que a droga comece agir com eficiência. Por isso não se assuste se o seu médico o colocar em alguma outra medicação juntamente com a Azatioprina. Ele pode estar tentando te dar cobertura até o período de maior eficiência da droga.

Fonte: Globo


Quando usar imunossupressores? Quando usar Azatioprina?


Médicos irão prescrever imunossupressores para induzir e manter a remissão da doença de Crohn e da colite ulcerativa. Esses remédios são usados mais para o tratamento de doença moderada a mais severa uma vez que a doença mais branda é dado preferência aos aminosalicílicos, corticosteroides e antibióticos.



Como já foi dito Azatioprina leva tempo para fazer efeito e ótimos resultados talvez só sejam percebidos depois de 6 meses de uso. É em forma de comprimido, tomado uma vez ao dia, ou seja, há certa conveniência para o paciente. Quem pretende começar o tratamento com Azatioprina tem que estar ciente que é um tratamento longo. Caso você não desenvolva alergia ao medicamento o tratamento levará tipicamente de 3 a 4 anos ou mais. Não pare com suas medicações sem consultar seu médico.

Já a ciclosporina é usada em raros casos de colite ulcerativa severa e é geralmente dada de forma intravenosa (infusão – injeção na veia) no começo até atingir uma dosagem circulante ideal (quantidade ideal do medicamento no sangue) após ser atingido pode-se continuar de forma oral.

Quais os efeitos colaterias da Azatioprina?


Efeitos colaterais da Azatioprina e 6-MP são: diminuição das células brancas, aumento do risco de infecção, náusea e vômito, aumento das enzimas hepáticas (fígado) e dor muscular. Além disso, perda de cabelo, dores abdominais, pancreatite (inflamação do pâncreas) e linfoma são efeitos colaterais menos comuns.

Importante! Mulheres grávidas o que estão querendo engravidar não podem tomar methotrexato devido a possibilidade de aborto espontâneo ou defeitos na formação do feto.



0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.