Você já ouviu falar em Charles Darwin?


Ele foi um naturalista e geógrafo inglês conhecido por suas contribuições para a teoria da evolução. Ele estabeleceu que todas as espécies descendem de um ancestral em comum e que a diferenciação entre espécies que vimos hoje se deu por conta da seleção natural.

Um novo documentário mostra que ele sofria de doença de Crohn.

Usando alguns fios do cabelo dele, 130 anos depois da sua morte, o Canal 4 inglês analisou seu DNA e descobriu o porquê ele estava sempre doente uma vez que isso afetava seu trabalho mostrado em  livros como “A Origem da Espécies”, que contribuiu para a teoria da evolução.

No segundo episódio de “Dead Famous DNA”, algo como “Famoso DNA Morto”, Dr Stephan Schuster, professor de bioquímica e biologia molecular na Universidade Estadual da Pensilvânia analisa dois fios de cabelos da barba de Charles Darwin. Os fios, que têm 130 anos foram conseguidos através do tataraneto de Darwin.

Darwin sofria de uma doença misteriosa que o deixou doente por maior parte de sua vida. Ele tinha problemas estomacais, diarreia, vômitos e dores de cabeça. Ele estava tão desesperado para achar o que ele tinha e com isso a cura que tentou 18 diferentes médicos – sem sucesso.
Até hoje um diagnóstico definitivo tinha sido possível e a maioria de seus filhos sofriam do mesmo mal. Ele teve 10 filhos e três deles morreram inclusive a sua filha favorita Annie.
Darwin suspeitava que ele tinha uma doença com fatores genéticos e se culpou durante a vida toda por ter se casado com uma prima de primeiro grau e passado sua doença para seus filhos.

ASSINE NOSSO BOLETIM INFORMATIVO
Coloque o seu email:

Você receberá um email, confirme-o para que você possa receber nossas novidades.

O professor Schuster extraiu metade do DNA de Darwin dos fios de cabelo da barba dele e conseguiu provar que o cientista sofria na verdade de doença de Crohn, uma condição que não foi identificada até 50 anos depois da morte de Charles Darwin




0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.