O que mais você deve saber quando se tem intolerância à lactose?

Muitas pessoas são deficientes em lactase, uma enzima que quebra a lactose (açúcar do leite) em glicose e galactose (açúcares mais simples).

Lactose = glicose + galactose.

Entenda melhor lendo o artigo Intolerância à lactose

Caso uma pessoa que seja intolerante à lactose ingira algo contendo esse açúcar, ele não vai ser digerido no intestino e isso vai acarretar em dores abdominais, gases mais frequentes e diarreia, além de outros sintomas como enjoo e náuseas.

Lactose é uma molécula de glicose e outra de galactose
Cerca de 15 a 20% dos portadores de doença de Crohn e colite ulcerativa são intolerantes à lactose e como já vimos no artigo anterior a melhor forma de prevenir os sintomas é controlando a dieta. Vale lembrar que há diferentes graus de intolerância sendo que algumas pessoas podem consumir certa quantidade de leite e seus derivados enquanto outras tem problemas ao ingerir qualquer quantidade. 

Quem tem intolerância severa à lactose deve tomar cuidado com os alimentos que possam conter lactose escondido como por exemplo carne processada, pão, bolo, molho de saladas etc.. Não é só os alimentos que a lactose pode ser adicionada, mas isso pode ocorrer também com algum medicamentos.

Infelizmente no Brasil, não há uma lei que determina as empresas farmacêuticas a colocarem no rótulo a presença ou não de lactose. Hoje o Projeto de lei 5368/2009 está arquivado na mesa diretora da câmara dos deputados.


Um jeito de descobrir se um medicamento contém ou não lactose é tomando a iniciativa você mesmo e verificando a respeito. Lembre-se que a quantidade de lactose nesses produtos é pequena e talvez cause algum efeito somente em pessoas que sejam muito sensíveis a lactose.

Abaixo, vamos mostrar passo a passo como você pode verificar a existência de lactose no seu medicamento.

Segue o passo a passo como verificar (no Brasil) se seu remédio contém lactose:

1 – Abra o link do Bulário eletrônico da Anvisa

2 – Aperte Ctrl + F no seu teclado e uma caixa de diálogo abrirá

Como descobrir se seu medicamento comtém lactose


3 – Digite o nome do remédio e clique enter

Como descobrir se seu medicamento comtém lactose

4 – Clique em qual bula quer ler “Bula do paciente” ou “Bula profissional” – outra janela abrirá.

5 – Faça o procedimento 2 novamente Crtl + F e digite lactose na caixa de diálogo, clique enter.

Como descobrir se seu medicamento comtém lactose

6 – Aparecerá a palavra grifada se contiver na bula. Caso contrário aparecerá a mensagem que o leitor não encontrou nenhuma palavra “lactose”.

Como descobrir se seu medicamento comtém lactose



Tenho doença de Crohn e colite ulcerativa. Devo evitar lactose?


Como falamos no início do artigo entre 15 e 20% dos portadores de doença inflamatória intestinal é também intolerante à lactose. Isso significa que em tese os outros 80% poderiam ingerir lactose. A verdade é que há muita controvérsia no que diz respeito a intolerância à lactose estar associada com DII e isso ocorre porque muitos estudos sobre lactose não levam em consideração idade ou etnia, fatores que influenciam a incidência de DII. Mas estudos sugerem que intolerância à lactose é mais comum nos portadores de doença inflamatória intestinal.

Normalmente seu médico pode ou não pedir para você parar de ingerir derivados de leite para verificarem o comportamento da doença. Ou você mesmo poderá fazer isso  através de testes para conhecer o que pode te causar mal ou não. E isso pode ser feito com qualquer alimento, não apenas como a lactose.

Se naquele tempo que você parou de comer algum certo tipo de alimento você verificar que seu bem estar melhorou pode ser que você tenha alguma intolerância àquele alimento.

Outra coisa que pode ser feita é verificar o quanto de certo alimento você suporta. Corte ao zero e vá reintroduzindo o alimento aos poucos. Assim você saberá exatamente o quanto seu corpo “aguenta” de cada tipo de alimento, incluindo aí a lactose.


Eu sou intolerante à lactose e fiz uma ileostomia posso comer lactose normalmente?


Se você fez ileostomia e é lactose intolerante você pode comer lactose normalmente. Isso porque a lactose irá para a bolsa da ileostomia, não atingindo o cólom que é onde a lactose é fermentada. Dependendo do tipo de cirurgia que você fez o cólom pode ter sido removido. Ingerindo lactose, mesmo tendo tido intolerância à lactose não fará você sentir dores abdominais, diarreia etc.. No entanto, a bolsa da ileostomia poderá produzir mais gases devido as bactérias presentes nas fezes.




Quer ver a sua história publicada no site? Mande-nos sua história de como você foi diagnosticado(a), quanto tempo levou, como está o tratamento, quais foram os sintomas, suas atividades físicas etc. Queremos ouvir de você! 
Mande sua história para crohnecolite@gmail.com e publicaremos na seção “Histórias de paciente” que será criada no site. Além de informar outros você mostrará que pode-se levar uma vida normal mesmo sofrendo de DII.

0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.