Colorações anormais nas fezes: negra, vermelha, verde


Uma mudança na cor das fezes pode causar preocupação quando você não sabe por que está acontecendo. As razões mais comuns para uma mudança na cor das fezes incluem alimentos (especialmente aqueles com corantes artificiais) e suplementos dietéticos. A causa de fezes vermelhas ou fezes pretas pode ser benigna, tais como corante alimentar, mas também poderia ser de hemorragia no trato gastrintestinal. O sangue é um sinal de alerta para os dois problemas digestivos, desde situações comuns, como hemorroidas a situações mais sérias, como câncer de cólon.


Fezes escuras/negras


Melena é o nome dado às fezes, com cheiro muito desagradável e presença de sangue. Normalmente o exame solicitado para detectar melena é o de “sangue oculto nas fezes”. Considera-se melena se tem mais de 200ml de sangue nas fezes. A cor mais escura do sangue (não é aquele “vermelho vivo”) geralmente indica que o sangramento é proveniente da parte superior do trato gastrointestinal (e não do cólon). Esse sangramento pode ser causado por: úlcera hemorrágica, gastrite, varizes esofágicas, “feridas” esofágicas por vômitos violentos (Mallory-Weiss).



Leia mais sobre gastrite aqui.
Leia mais sobre doença diverticular aqui.

Há a “falsa melena”, que é quando as fezes estão escuras, mas não é por presença de sangue. Pode ser causada por alguns alimentos, suplementos e medicamentos. Um exemplo clássico são os suplementos de ferro para combater anemia que costumam deixar as fezes negras ou esverdeadas. Complexos multivitamínicos que contêm ferro podem causar o mesmo efeito.

Outras substâncias que deixam as fezes escuras são: alcaçuz, mirtilos (blueberry), suplementos de ferro, chumbo, Pepto-Bismol (salicilato de bismuto).

Fezes avermelhadas

Fezes de cor avermelhada pode ser por causa de presença de sangue (hematoquezia). O sangue mais vermelho pode indicar que o sangramento está vindo do trato gastrointestinal inferior. Algumas causas desse sangramento inferior incluem: hemorroidas, fissuras anais, pólipos no cólon, câncer de cólon, doença diverticular com sangramento, doença inflamatória intestinal.

Quando sai sangue “vermelho vivo” no papel higiênico após você se limpar pode ser hemorroida. Muitas pessoas têm hemorroidas e, normalmente, não causam maiores problemas. A atenção maior deve ser dada à cicatrização.
Leia mais sobre hemorroida aqui.

Fissura anal também pode ocorrer em qualquer pessoa, apesar de ser mais comum em adultos jovens, e é uma das causas do sangramento vermelho vivo. O tratamento também costuma ser simples, sem necessidade de tratamentos invasivos.

Além disso, alguns alimentos com coloração natural ou artificial também podem causar fezes avermelhadas. São eles: gelatina vermelha, picolé, suco de tomate, sopa de tomate, grande quantidade de beterraba.

É importante lembrar que sangue nas fezes nem sempre significa uma doença grave ou crônica e a causa deve ser sempre investigada pelo médico. Qualquer mudança nos hábitos intestinais e na consistência ou coloração das fezes que não se resolver em poucos dias é razão para você procurar seu médico.

Fezes esverdeadas

Não entre em pânico se suas fezes estão esverdeadas. A principal razão é que você deve ter comido alimentos verdes ou até mesmo roxos (como picolé e gelatina). Além disso, os suplementos de ferro também podem deixar as fezes verdes.


Mas é bom ficar atento, porque as fezes esverdeadas também podem ser sinal de um problema de saúde. A bile, que é lançada no intestino delgado, é verde. Quando as “fezes” passam por ali, são alcançadas pela bile, mas até passar por todo o resto do intestino e chegar ao cólon, já ficaram marrons. No entanto, se as fezes estiverem verdes pode significar que elas passaram muito rápido pelo cólon e “não deu tempo” de ficarem marrons. Isso é chamado de trânsito intestinal acelerado. Por isso que se suas fezes mantiverem-se esverdeadas, você deve procurar um médico para averiguar melhor a causa.

0 comentários:

Post a Comment

Muito obrigado pelo seu comentário e/ou pergunta. Responderemos o mais rapidamente possível.

Isenção de responsabilidade

Usando esse blog você o estará fazendo por conta e risco próprios. Não é a pretensão desse blog diagnosticar, medicar, sugerir tratamentos ou induzir mudanças no seu atual tratamento médico. Objetivamos única e exclusivamente informar a respeito das doenças inflamatórias intestinais. Caso você apresente algum sintoma procure um profissional médico. Não descontinue o uso de nenhum medicamento sem antes consultar o seu médico.

Powered by Blogger.